maio 23, 2014

Resenha - O Dia da Caça - James Patterson






Autora (a) :James Patterson

Editora: Arqueiro

Ano: 2011

Páginas:  212

Classificação : 


Sinopse:  Alex Cross está diante do criminoso mais cruel que já enfrentou.

   Quando o detetive Alex Cross é chamado para investigar um caso de assassinato, depara-se com a cena de crime mais terrível
 que já viu em toda a sua carreira: uma família inteira foi morta dentro de casa. Tudo fica ainda mais chocante quando ele descobre que uma das vítimas é Ellie Cox, sua ex-namorada dos tempos de faculdade.

    Furioso, Cross decide pegar o assassino a qualquer custo
Logo depois outro crime acontece, novamente envolvendo uma família inteira, só que dessa vez alguns membros dela estavam nos Estados Unidos e outros, na África. A investigação leva a crer que o assassino, conhecido apenas como Tiger, viajou para a
Nigéria. Sem hesitar, Cross vai atrás dele.

    O detetive entra numa caçada implacável, numa terra sem lei
Ao chegar lá, Cross se vê diante de um terrível cenário de miséria, violência e guerra civil iminente. Sem nenhuma ajuda, ele se envolve numa luta contra a corrupção e contra uma conspiração que parece não ter fronteiras, que pode pôr em risco sua vida e a de todas as pessoas que ele ama.




  O livro conta mais um dos casos do renomado detetive Alex Cross. Mas este não  é mais um caso como os outros que ele já enfrentou. Assim que ele entre na casa onde ocorreu um crime hediondo de uma família inteira morta de forma brutal. Alex reconhece a mulher assassinada como Ellie, uma de suas namoradas durante a faculdade, para ele sua primeira paixão. 
   Ao  começar a investigação do caso mais assassinatos como o da família de Ellie começaram a acontecer na cidade e logo  ele percebe que se trata de algo  grandioso por trás dessas mortes.  Assim Alex descobre que há uma gangue da  Nigéria, onde um terrível e cruel assassino chamado Tyger  mora e pratica suas atrocidades. O detetive não pensa duas vezes e decide ir para a África atrás do assassino.
   Logo ele percebe que o caso é mais grave do aparentava e ele esta em uma caça em uma terra onde não há lei. Onde a crueldade e a corrupção é quem manda.

     Um suspense policial bem construído, onde o autor explora com grande riqueza de detalhes a situação vivida na África. A pobreza e a violência que habita o local.
     Este é meu primeiro  contato  com a obra do  autor. Eu como grande amante de livros do  gênero  estava com grandes expectativas a respeito  desta série famosa do  autor James Patterson. Não digo que me decepcionei, apenas que esperava mais, algo  com mais suspense, eu  lia o livro  mas era tudo  muito  óbvio e em um livro de suspense isso não é coisa boa.
   Gostei  muito  da narrativa do  autor, ela é bem simples e te faz passar as paginas sem que você perceba. Ele tem uma forma bem descritiva das situações e também gostei do  fato  dele mostrar o lado  também do  assassino, assim como de outros personagens do  livro, todos em primeira pessoa.
  Sim, recomendo o livro, achei  uma leitura rápida e prazerosa, não é um 5 estrelas mas é um ótimo livro.

  Este é o 5º livro da série do detetive Alex Cross. Ao  todo  são 21º livros , o último lançado em 20013.



Sobre o Autor :James Patterson

      James Patterson lançou seu primeiro livro “The Thomas Berryman Number”, em 1997 e ganhou o Edgar Allan Poe, importante prêmio literário.
    Dede então ele escreveu inúmeros livros, abandonou a carreira publicitária e se tornou um dos maiores escritores de todos os tempos, 230 milhões de livros vendidos.
    Uma de suas séries é protagonizada pelo detetive Alex Cross. Os dois primeiros livros, Na Teia da Aranha e o Beijo da Morte, foram adaptados para o cinema e estrelados por Morgam Freeman.
   Em 2010 ganhou a categoria de Autor do ano no Children’s Choice Book Awards. Mais de 15 mil crianças votaram nele, em uma disputa que incluía outros grandes nomes da literatura juvenil mundial.