março 31, 2014

Resenha - Killing Sarai (In the Company of Killers1#) – J. A. Redmerski



Autora (a) : J. A. Redmerski

Editora: Não Publicado no Brasil

Ano:   2013

Páginas: 396

Classificação : 


Sinopse :    Sarai não teve uma vida fácil. Até os 14 anos, ela precisava lidar com uma mãe drogada que sempre levava homens estranhos para casa e o fato de não ter em quem confiar – exceto a senhora que a acolhia quando tudo ficava insuportável.
       Entretanto, isso era o paraíso comparado ao lugar para onde sua mãe a levou. Foram nove anos em um ambiente que abuso sexual e psicológico faziam parte do cotidiano, assim como mortes de pessoas inocentes e culpadas. Foi impossível, para Sarai, não se tornar imune a essas situações.
Mas, quando a oportunidade de fugir aparece, ela não pensa duas vezes antes de arriscar sua vida para se ver longe daquela realidade. É assim que conhece Victor, um americano assassino que não tem a menor pretensão de ajudá-la.

Segunda Capa da edição

      Neste livro ela aborda temas como sequestro, exploração de mulheres, abuso sexual, drogas violência e assassinato.
    Vemos a história contada pelo ponto de vista dos dois protagonistas principais do livro, Sarai a mocinha e Victor o “mocinho” se é que podemos dizer isso!!
   Sarai uma garota que vive como prisioneira no México em uma instalação desde seus 14 anos, onde vivem muitas outras garotas sequestradas.
   Um dia ela vê no complexo um homem cujo ela jura ser americano, e neste momento ela só tem pensamentos de que essa é sua chance para fugir.    Mesmo sabendo que se for pega pode ser morta, ela toma a decisão de seguir em frente e foge do lugar se escondendo dentro do carro de Victor, um assassino de aluguel que tinha ido ao complexo realizar negócios com Javier, o traficante dono e chefão do lugar.
   Assim começa a jornada de Sarai e Victor uma história bem complicada, cheia de perigos, morte e violência. Um amor proibido.

   Bom, pra começar tenho que dizer que me surpreendi muito com o decorrer da história, por ser uma narrativa mais pesada do que eu já havia visto em Entre o Agora e o Nunca, outra obra da autora que já havia lido.  Aqui em Killing Sarai a história tem muita violência, sangue, e temas que são bem pesados.
 
Eu vivi uma vida de reclusão e bondage, prisioneira de um traficante mexicano que embora tenha me tratado com estranho tipo de bondade, abusou-me em outras formas. Eu vi estupro, sequestro e abuso de todas as formas possíveis. E tenho visto a morte. Há, sim, muita morte.” Sarai pg 97 PDF

    Mas para mim foi uma surpresa legal, foi uma leitura agradável que devorei em dois dias. A autora soube levar a história coerente e fez com que nos tivéssemos um vislumbre do que é realidade e que realmente acontece com muitas mulheres nos dias de hoje. Os traumas que ela ficam é para sempre, mesmo que tentem nunca serão como as pessoas normais.

    O romance entre os personagens é um pouco diferente do que já estava acostumada ver nos outros romances que leio, apesar de os personagens começarem a ter sentimentos um pelo outro as situações os impedem de viver isso. Victor é um homem frio, que não demostra muito sentimentos, seu trabalho e matar e pra isso que ele vive. Não tem lugar fixo, não tem família para se prender, desde muito cedo foi ensinado a matar e só isso, ser um assassino, foi isso que a Ordem o ensinou.

   Mas ao conhecer Sarai, algo muda nele, e assim o homem de gelo que ele era começa a se derreter pela frágil e debilitada Sarai.

   No todo a história é muito boa, eu gostei muito desta obra da Redmersk e estou muito ansiosa pela continuação. Mas não foi uma obra 5 estrelas não, na metade do livro acontecem algumas coisa que não me agradaram muito , mas é um bom livro e recomendo muito que vocês leiam.

Este é o primeiro volume de uma série da autora.



   Acho que Killing Sarai tem uma ótima história para ser um filme.  Há história em si tem muito a cara dos filmes do ator  Jason Statham, acho até que Victor lembra muito o ator no filme  Carga explosiva, não em termos de aparência, mas sim pela forma de agir e pela história em si, algumas cenas são muito, mas muito mesmo  como Carga Explosiva.

   Bom então é isso pessoal, espero que gostem como eu gostei, leiam e venham me contar o que acharam ok.


Beijinhos, até mais!!