março 06, 2014

Resenha - Bela Maldade - Rebecca James



Autor (a): Rebecca James

Editora: Intrínseca


Ano: 2011 
  
Páginas: 302
 
Classificação : 



Sinopse:
 Após uma horrível tragédia que deixou sua família, antes perfeita, devastada, Katherine Patterson se muda para uma nova cidade e inicia uma nova vida em um tranquilo anonimato. Mas seu plano de viver solitária e discretamente se torna difícil quando ela conhece a linda e sociável Alice Parrie. Incapaz de resistir à atenção que Alice lhe dedica, Katherine fica encantada com aquele entusiasmo contagiante, e logo as duas começam uma intensa amizade. No entanto, conviver com Alice é complicado. Quando Katherine passa a conhecê-la melhor, percebe que, embora possa ser encantadora, a amiga também tem um lado sombrio. E, por vezes, cruel. Ao se perguntar se Alice é realmente o tipo de pessoa que deseja ter por perto, Katherine descobre mais uma coisa sobre a amiga: Alice não gosta de ser rejeitada...




   Bela Maldade é um thriller psicológico, que nos mostra um tipo de psicopatia pouco explorada nos livros atualmente, o psicopata passivo, que é diferente dos Seriais Killers, que sai matando todo mundo. O passivo usa outras formas de atingir seu alvo.
  Já no inicio do livro você sabe como a história ira terminar, mas isso não tira a graça e nem a vontade de ler o livro, pois a autora intercala acontecimentos do passado com a vida do futuro de Katherine. 
   Com o decorrer da história a autora vai nos mostrando trechos do que realmente foi a tragédia que aconteceu na família de Katherine, e você se pergunta se realmente ela tem culpa do que aconteceu, ou ela é apenas uma vitima das circunstancias? È quem é que pode julga-la, o que você faria se fosse você?! Eu me fiz estas perguntas.
          



   A narrativa da autora é boa, fluente, ela consegue nos prender a história de tal forma que até em momentos que você fica com raiva da personagem, você continua a leitura para saber o final.

    Achei um bom livro, mas não é um dos meus favoritos não. Em alguns momentos a Katherine me deixou com bastante raiva dela, por ser tão boba.    E a personagem Alice, me parece forçada em algumas situações.
  Tem um fato que descobrimos no final do livro que é até interessante, e você acaba entendendo o porquê da amizade de da Alice com a Katherine, mas esse fato pra mim também parece ser um poquinho forçado.
   Apesar desses pontos, é uma boa leitura, você se envolve na vida das amigas, consegue sentir os sentimentos passados pela autora, mas é isso, não espere um livro daqueles de tirar o fôlego ok.

Capas Estrangeiras 


                                    Bela Maldade é volume único. 


Nadia Oliveira


                                                                                                                                       Postado Por: